Economia: com o dinheiro gasto em um brinquedo pode-se alugar vários.

Responsabilidade: instrui para a conservação e cuidado com os brinquedos.

Consumo consciente: tira o foco da posse e dá enfase ao compartilhamento.

Sustentabilidade: pratica o consumo compartilhado.

Solidariedade: ensina a emprestar os brinquedos.

Reaproveitamento: valoriza também o que é usado.

Desestímulo ao materialismo: revela que a verdadeira importância não é possuir, mas brincar.